quinta-feira, 28 de julho de 2011


14


quarta-feira, 27 de julho de 2011


Não estraga!

19


Eu não espero que você seja o-grande-amor-da-minha-vida, parei de acreditar nisso na quinta série quando a moça que trabalhava na biblioteca do meu colégio me disse que estava se separando do marido dela. (...) A moça da biblioteca chorou. Não quero que você me faça chorar. não quero que você seja um motivo ruim na minha vida. Você é motivo de sorrisos, razão pra eu acordar num dia de chuva e tomar banho e mudar de roupa porque eu sei que você vai passar aqui, vai trazer algo congelado pra gente ver ser aquecido no forno e comer enquanto falamos bobagens. Não quero te odiar. Não quero falar mal de você pros outros. Pras minhas amigas. Quero falar mal de você como quem ama. “-Pois é, Carla, ele nunca lembra de desligar o celular antes de dormir e sempre alguém do trabalho liga”. Sabe, eu quero dizer isso. Que o máximo de irritação que você me provoca é me acordar de manhã cedo falando bobagens que parecem ser importantes no celular.
Não quero que você me largue. Não quero te largar. Não quero ter motivos pra ir embora, pra te deixar falando sozinho, pra bater o telefone na sua cara. E eu não tenho medo que isso aconteça (eu nunca tenho), eu fiz isso com todos os outros. É só que dessa vez eu queria muito que fosse diferente. Dessa vez, com você, eu queria que desse certo. Que eu não te largasse no altar. Que eu não te visse com outra. Que eu não tivesse raiva. Que você não passasse a comer de boca aberta. Que você entendesse o meu problema com chãos de banheiro molhados pra sempre. Que você gostasse e cuidasse de mim como disse ontem à noite que cuidará. Eu quero que dê certo, não estraga, por favor. Não estraga, não estraga, não estraga. Posso pôr um post-it na sua carteira? Mesmo que a gente não fique juntos pra sempre. Mesmo que acabe semana que vem. Nunca destrua o meu carinho por você. Nunca esfrie o calorzinho que aparece dentro de mim quando você liga, sorri ou aparece no olho mágico da minha porta. Mesmo que você apareça na porta de outras mulheres depois de me deixar. Me deixe um dia, se quiser. Mas me deixe te amando. É só o que eu peço.


(Tati Bernardi)

terça-feira, 26 de julho de 2011


Medos

7


Olha menina, não se pode viver o tempo todo com esse ponto aí. Essa interrogação na sua cabeça não faz bem, você sabe disso. Isso faz mal. E chega a hora em que o medo já não faz sentido. Ou você se convence do que quer de verdade, ou então você nunca vai sair do lugar. Porque se continuar desse jeito, todas as vezes que quiser muito uma coisa, muito mesmo, esse muito vai ser tão pouco a ponto de fazer você guardar todas as fichas, e sair frustrada, com mais medo ainda. Tudo bem que o medo faz parte, que as 'polaridades' se entrecruzam 'vezenquando', mas isso não é desculpa pra levar uma vida inteira subindo e descendo ladeiras, avançando e recuando, se penteando e descabelando. Não pense que você vai ter uma bola de cristal pra te mostrar como vai ser daqui há um mês, ou daqui há um ano. Nem pense que você vai ter todas as chances de novo. Você sabe muito bem que nenhuma dessas chances que você já teve apareceu duas vezes. Você pode ter encarado da mesma forma, mas elas não eram as mesmas. O seu álbum não corre perigo de ter figurinhas repetidas. Tudo aqui é único, até mesmo essas voltas que você dá no mesmo lugar. Você sabe muito bem que a cada volta você já não é a mesma. E mais uma coisa é essencial que você saiba, porque não é possível que com tantas lições você não tenha aprendido que nada em sua vida vai fazer sentido se você ficar esperando isso de alguém. A verdade é que você precisa sentir-se primeiro. Não tenha medo de voar. Não tenha medo de sair do ninho. Criaturas como você não precisam ter medo de recomeçar, nem de cair. Tenha propósitos em sua vida. Isso ajuda a caminhar com passos mais precisos (ou voar com mais leveza!). Cadê seu foco? Hein? Cadê o seu discurso de menina 'grande'? Era bonito aquele discurso... mas eu sei que não vai te servir agora. Você não tem mais o 'q' daquela. Você está diferente. E talvez por isso não lhe sirva mais esses 'tipos' de medo que você guarda aí... eles não lhe servem mais. Melhor jogar fora. Acho até muito difícil que alguém queira aproveitá-los. E se deseja mesmo o bem das pessoas que estão com você, não passe esse medo pra eles. Não serve pra nada mesmo! Jogue fora! Medo assim te aperta e te deixa marcada! Definitivamente, esses medos não te servem mais! E agora, basta revestir-se. Você não é tão básica assim, mas não acho que seja difícil achar algo que lhe caia bem. Mas pra isso só precisa tirar essa lágrima do olhar e esse peso dos ombros. Pra realçar! Aí depois você me conta. Aposto como vai ver que tenho razão.
Fica bem,
E vá dormir que já está tarde.
Um abraço forte da menina que você esconde.
(Ivanúcia Lopes)

segunda-feira, 25 de julho de 2011


Sigo...

3



Não sei se estou perto ou longe demais, se peguei o rumo certo ou errado. Sei apenas que sigo em frente, vivendo dias iguais de forma diferente. Já não caminho mais sozinha, levo comigo cada recordação, cada vivência, cada lição. E, mesmo que tudo não ande da forma que eu gostaria, saber que já não sou a mesma de ontem me faz perceber que valeu a pena.

quinta-feira, 21 de julho de 2011


quando ele riu...

6





E quando ele riu, eu percebi. Eu percebi que eu estava na merda. Porque adoro esses caras que dão risada com a cara inteira, mas continuam com os olhos um pouco tristes e parados.


Tati Bernardi

terça-feira, 19 de julho de 2011


Escolhas....

7



"Quando fazemos uma escolha, qualquer escolha, estamos dizendo sim para um lado e dizendo não para o outro. Então, algum sofrimento sempre vai haver."


Martha Medeiros

domingo, 17 de julho de 2011


Prazer e dor

4

“Ninguém sabe direito a fronteira entre o prazer e a dor, às vezes eu penso que é impossível separá-los. Você me dá tanta alegria que ela chega a doer e me causa tanta dor que chego a sorrir.”
(Gibran)

sexta-feira, 15 de julho de 2011


O tempo estava certo!!!

3


Dizem que a Primavera chega trocando a roupa da paisagem. E no auge da sua descrença o dia amanheceu de novo. Quando não queria mais fugir de si mesma, foi surpreendida por uma voz de timbre limpo, olhos atenciosos e mãos que diziam coisas. Era alguém que tranquilizava quando apenas sorria. Uma pessoa que trazia em si o amparo de tudo. Tinha o dom da conveniência e da clareza e pronunciava reciprocidade.


O fato resumindo é que o amor não era mais aquele estardalhaço. O amor era suave e tinha um jeito de penetrar sem invadir, de libertar no abraço. O amor não era mais aquela insônia, mas sonho bom na entrega ao desconhecido. O amor não era mais a iminência de um conflito, mas uma confiança na vida. E, pela primeira vez, o amor não carregava resquícios de abandono, pois havia descoberto: o amor estava ali porque ambos estavam prontos.


O Tempo estava certo"


Marla de Queiroz

domingo, 10 de julho de 2011


Meu colírio

8


Meninas e Meninos amados!!! Esse eh meu maninho Lucas... ele ta participando da Batalha dos Colirios da Capricho.... queria pedir pra vcs passarem lá rapidinho (não leva nem 1 minuto) e votarem nele... pq afinal de contas ele eh meu gatinho e merece neh! Bjocas



sexta-feira, 8 de julho de 2011


Sorteio

12

Galerinha to participando de um sorteio de um baldinho enfeitado lindo no blog da Márcia... participem tbm




quarta-feira, 6 de julho de 2011


twitter...

39

Pessoal, aproveitando a boa fase nova do meu blog... quero pedir que deixem aki pra mim o twitter de vcs... de alguns eu peguei qdo visitei o blog, mas não peguei de todo mundo...

Caso queiram me add lá é @CoiisinhasdaLuh

Bjos

Boa noite!!!

o que posso te dar...

5
De: traquinagem by Sayô

Segundo Plano

30


Amar me ensinou muitas coisas. Por exemplo, a aprender com meus erros, e perdoar os erros dos outros. Não tenho medo de encarar aquilo em que acredito e não me sinto obrigada a fazer o que todos querem que eu faça. Não estou mais em segundo plano!

terça-feira, 5 de julho de 2011


Conta pra mim...

20

Conta pra mim de onde a gente se conhece. De onde vem o sentimento de que a sua história, absolutamente nova, é como um livro que releio aos poucos e, ao longo das páginas, apenas recordo trechos que esqueci. Conta de onde vem a sensação de que nos conhecemos muito mais do que imaginamos. De que ouvimos muito além do que dizemos. De que as palavras, às vezes, são até desnecessárias. Conta de onde vem essa vontade que parece tão antiga de que os pássaros cantem perto da sua janela quando cada manhã acorda. De onde vem essa prece que repito a cada noite, como se a fizesse desde sempre, para que todo dia seu possa dormir em paz.

Conta pra mim de onde a gente se conhece. De onde vem essa repentina admiração tão perene. De onde vem o sentimento de que nossas almas dialogavam muito antes dos nossos olhos se tocarem. Conta por que tudo o que é precioso no seu mundo me parece que já era também no meu. De onde vem esse bem-querer assim tão fácil, assim tão fluido, assim tão puro. Conta de onde vem essa certeza de que, de alguma maneira, a minha vida e a sua seguirão próximas, como eu sinto que nunca deixaram de estar.

Conta pra mim por que, por mais que a gente viva, o amor nos surpreende tanto toda vez que vem à tona.


tem mais...

19


“…é que tem mais chão nos meus olhos, do que cansaço nas minhas pernas, mais esperança nos meus braços do cansaço em meus ombros…a mais estrada no meu coração do que medo na minha cabeça…”


Cora Coralina

Meu Tumblr

0
Oi gentiii....




Como vcs estão? Eu estou otima, já estou de férias na facu, só aguardando agora o inicio do 9º período... isso mesmo... reta final já.... daqui a pouco já vou ser uma advogada (haha... até parece)




Mas hoje eu quero mesmo é divulgar meu novo filhote... que eu fiz semana passada e to amando post lá tbm... meu tumblr.




http://luluzinhapinkgv.tumblr.com/




Quem tiver, me segue lá.... e quem não tiver, fica ai a dica pra fazer... é como se fosse um blog tbm, só que as postagens costumam ser menores e dá pra reblogar coisas legais de outras pessoinhas....




Quem quiser tbm... pode me visitar, não precisa ser cadastrado pra dar uma olhadinha!! ;)



Bjos galera e obrigada pela visitinhaa!!!



domingo, 3 de julho de 2011


Ela é...

18

... uma moça de poses delicadas, sorrisos discretos e olhar misterioso. Ela tem cara de menina mimada, um quê de esquisitice, uma sensibilidade de flor, um jeito encantado de ser, um toque de intuição e um tom de doçura. Ela reflete lilás, um brilho de estrela, uma inquietude, uma solidão de artista e um ar sensato de cientista. Ela é intensa e tem mania de sentir por completo, de amar por completo e de ser por completo. Dentro dela tem um coração bobo, que é sempre capaz de amar e de acreditar outra vez. Ela tem aquele gosto doce de menina romântica e aquele gosto ácido de mulher moderna.”

sexta-feira, 1 de julho de 2011


Bem vindo Julho!!!

0